Caracóis, alimento saudável?

Com a entrada no mês de Maio, o primeiro dos meses do ano sem “R”, inicia-se a época tão aguardada por tantos – a altura de comer caracóis. Uma iguaria muito portuguesa e que suscita sempre a questão “Comer caracóis é saudável?”.


Trata-se efetivamente de um alimento bastante nutritivo e um recurso natural do território mediterrâneo. Do ponto de vista nutricional são saudáveis e interessantes no entanto há que ter atenção a alguns aspetos que diminuem a sua riqueza nutricional, tornando-os num petisco inimigo para quem tem atenção à sua forma física.


De acordo com a informação nutricional contida na tabela, podemos verificar que não só consiste num alimento rico em proteína mas também pobre em calorias e gordura. O que torna os caracóis interessantes do ponto de vista nutricional é o seu conteúdo em vitaminas (como a vitamina E) e minerais (como magnésio, selénio e fósforo). Segundo a DECO a cozedura destes moluscos não altera muito a sua composição nutricional por 100g de alimento (valor energético: 98kcal; gordura: 2,5g; hidratos de carbono: 5,7g; proteína: 13,2g), o que os torna, quando comparados com outros petiscos (como o berbigão e a ameijoa), o petisco menos calórico. O problema não se encontra na cozedura em si mas nos produtos utilizados na mesma (sal, enchidos e caldos em cubo) e no acompanhamento da refeição (como a cerveja e o pão torrado com manteiga).


Para quem gosta de confecioná-los em casa, há alguns aspetos que não deverá descorar e que minimizarão o risco de contaminação biológica:

· No momento da compra deverá optar por caracóis em cativeiro e certificados de forma a reduzir o risco de consumo de contaminantes químicos;

· Ao cozinhá-los atente à sua limpeza:

o Comece por retirar a formação calcária que tapa a abertura da concha (opérculo) com a ponta de uma faca;

o Se o animal estiver morto deite-o fora, deverá sempre cozinhá-los vivos;

o Lave-os com água morna e sal, repetindo a operação várias vezes, mudando de cada vez a água. Posteriormente coloque-os numa panela com água e cozinhe-os em lume brando, escorrendo a água após a cozedura.

· Volte a colocá-los numa panela com água temperada com orégãos, cebola, alho, uma pitada de sal e se gostar um pouco de piripiri ou pimenta, deixando cozer por 40 minutos.


Voltando à questão inicialmente colocada, os caracóis quando confecionados de forma saudável são um alimento nutritivo com pouca gordura e valor calórico e rico em proteínas, constituindo um petisco salutar para altura do verão. Porém, deverá atentar ao restante conteúdo da refeição evitando bebidas alcoólicas e pão torrado com manteiga, assim não a estará a desvalorizar do ponto de vista nutricional e poderá apreciar esta iguaria sem sentimentos de culpa.



Bibliografia:

https://nutrimento.pt/noticias/os-caracois-e-a-alimentacao-mediterranica/

https://www.deco.proteste.pt/alimentacao/produtos-alimentares/dicas/caracois-petisco-nutritivo-de-verao

https://nutritiondata.self.com/facts/finfish-and-shellfish-products/7742/2


Por: Ana da Costa Couto: Nutricionista do clube de saúde Kalorias EXPO, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº 2367N

773 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Faça parte da nossa lista de emails.

Escolha a(s) newsletter(s) que gostaria de receber:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2021 KALORIAS - Todos os direitos reservados.