Estratégias de controlo de peso após deixar de fumar




Fumar é a primeira causa evitável de doença nos países desenvolvidos, entre eles doenças respiratórias, oncológicas e cardiovasculares. Ao longo do processo da cessação tabágica, a vontade de comer e de ingerir alimentos densamente calóricos é frequente, bem como o aumento de peso. Este aumento ponderal é a principal razão para a relutância em parar de fumar e recaída depois da cessação, especialmente nos fumadores que apresentam preocupações com o seu peso. Contudo, é consensual que os benefícios da cessação do consumo de tabaco superam eventuais riscos que esta possa apresentar.


Que cuidados alimentares deve ter nesta fase?

- Aprenda a distinguir a fome física da fome emocional e compulsão alimentar. Quando sentir fome sem sentir desconforto gastrointestinal e dores de cabeça, provavelmente é a sua mente que tem fome. Tente ocupar-se com outros pensamentos e outras tarefas;

- Faça várias refeições ao longo do dia, de menor valor energético;

- Prepare poucas porções para cada refeição. Se preparar/confecionar grandes quantidades, existe o risco de poder comer mais ou de repetir a refeição;

- Tenha sempre disponível pequenos lanches saudáveis. Fruta e hortícolas crus (por exemplo, palitos de cenoura e fatias finas de maçã), frutos gordos em pequena quantidade (nozes, avelãs, amêndoas, cajus), leite e derivados magros e cereais integrais são boas opções (tente comer os cereais um a um, de forma a se distrair);

- Consuma alimentos com proteínas e fibras ao longo do dia: estes nutrientes retardam o esvaziamento gástrico e contribuem para a saciedade e diminuem o apetite;

- Beba líquidos ao longo do dia e faça da água a sua bebida de eleição. A água ajuda a libertar a nicotina e seus metabolitos do organismo, nos primeiros dias de cessação. Para além da água, as infusões sem açúcar são boas alternativas;

- Evite bebidas com cafeína (café, chás verde e preto, refrigerantes e bebidas energéticas com cafeína) – podem despoletar a ansiedade que é muitas vezes um efeito secundário da ausência da nicotina;

- Evite as bebidas alcoólicas. O álcool cria um défice de oxigénio, devido a uma diminuição da saturação da hemoglobina na corrente sanguínea, que pode prejudicar a concentração e desencadear uma maior vontade de fumar e comer;

- Não faça uma dieta demasiado restritiva do ponto de vista calórico: para além de ser mais provável o insucesso de cessação tabágica, o seu organismo adapta-se metabolicamente a esta restrição e o mais provável é que perca peso à custa de massa muscular, ao fim de algum tempo.


Além de todos estes cuidados alimentares, acima referidos, a prática de exercício regular é igualmente importante.


FONTE: nutrimento.pt, Direção Geral de Saúde

Por: Ana Dias: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Gaia, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº2594N.

203 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Faça parte da nossa lista de emails.

Escolha a(s) newsletter(s) que gostaria de receber:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2021 KALORIAS - Todos os direitos reservados.