Importância da última refeição do dia

Tal como qualquer refeição do dia é uma refeição importante e deve ser realizada sempre que exista aquela sensação desconfortável de estômago vazio, assim o período de descanso será tranquilo, profundo e sem interrupções devido a fomes noturnas.





Quais são as melhores opções?


Deve-se incluir, sempre algum teor proteico, como é o caso do iogurte natural, queijo magro, tofu, leguminosas, ovo, carnes magras ou pescado. E dependendo dos objetivos e historial clinico de cada individuo devem-se incluir - ou não - gorduras ou hidratos de carbono. Adicionam-se gorduras sempre que o objetivo seja perda de peso ou tonificação muscular e hidratos de carbono sempre que o objetivo seja o aumento da massa muscular.


No entanto, cada vez existem mais casos de insônias e problemas de sono. Nestes casos, o melhor será incluir alimentos relaxantes na última refeição do dia, que muitas das opções passam por hidratos de carbono complexos, mesmo quando o objetivo não é o aumento da massa muscular. Exemplos: flocos de aveia, arroz basmati, bolachas de arroz integral, banana (verde), batata (doce) e leguminosas.


A ultima refeição do dia poderá ser o próprio jantar ou então um pequeno snack, a chamada ceia. Dependendo do estilo de vida e objetivos deve-se saber por quais os macronutrientes a optar (proteínas, hidratos de carbono e/ou gorduras), visto que o organismo prepara-se para um longo período sem alimento, mas como não deixa de funcionar - encontrar-se em stand by - necessita da energia certa.

Por: Rita Vistas: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Torres Vedras, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº 2328N.

129 visualizações

Faça parte da nossa lista de emails.

Escolha a(s) newsletter(s) que gostaria de receber:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2021 KALORIAS - Todos os direitos reservados.