Cuidados nutricionais para cabelo e unhas

Uma má alimentação e consequente défice nutricional pode contribuir para anormalidades cutâneas, envolvendo unhas e cabelo, pelo que o fornecimento de nutrientes adequados são importantes para as fortalecer. De destacar que a queda de cabelo é um fenómeno normal, muito comum no Outono, que ocorre devido à renovação capilar. Devemos ter uma especial atenção quando a queda é maior do que a esperada.



Seguem-se os nutrientes mais importantes para um cabelo e unhas saudáveis e as respetivas fontes alimentares:


  • Selénio: Aves, nozes, sementes, trigo, cevada, carne bovina e batatas são boas fontes.

  • Biotina: Carnes, ovos, sementes de girassol, amendoim, cogumelos e batata-doce são alimentos ricos nesta vitamina. De realçar que o seu défice pode ocorrer devido ao consumo excessivo de clara de ovo crua (rica numa proteína, a avidina, que impede a absorção da biotina).

  • Zinco: Fontes dietéticas ricas em zinco incluem carne, peixe, ostras, fígado, feijão e soja.

  • Cobre: Carnes, soja, nozes, sementes, feijão, marisco e cogumelos são boas fontes de cobre na dieta.

  • Ferro: existem 2 tipos de ferro – o ferro heme e o ferro não heme, sendo que o primeiro tem uma absorção 2 vezes melhor do que o ferro não heme, e ambos podem ser aumentados pela ingestão simultânea de vitamina C. O ferro heme é encontrado em alimentos de origem aninal, como carnes, aves e peixes, e o ferro não heme é encontrado em legumes e hortaliças, frutos gordos, leguminosas e produtos fortificados.

  • Ácidos gordos essenciais (ácido linoleico e a-linolénico): encontrados em gorduras e óleos de milho, soja e cártamo.


O défice destes nutrientes pode ocorrer devido a distúrbios de má absorção, a doenças e cirurgias gastrointestinais, ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, em mulheres grávidas e lactantes, bem como outros quadros patológicos, que se podem manifestar pela queda de cabelo e unhas quebradiças. Vegetarianos e vegans têm frequentemente défices em alguns destes nutrientes.


Nem sempre é possível garantir o aporte nutricional suficiente, principalmente nos casos referidos, pelo que a suplementação deve ser considerada. Contudo, é recomendável pedir aconselhamento de um médico ou nutricionista para se informar sobre o produto mais adequado.



Referências:

Finner A. (2013). Nutrition and hair: deficiencies and supplements. Dermatol Clin;31(1):167-72.


Almohanna H., Ahmed A., Tsatalis J., Tosti A. (2019) The Role of Vitamins and Minerals in Hair Loss: A Review. Dermatol Ther (Heidelb;9(1):51-70


Alexander J.(2007) Selenium. Novartis Found Symp ;282:143-9



Por: Ana Filipa Dias: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Gaia, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº2594N.

166 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Faça parte da nossa lista de emails.

Escolha a(s) newsletter(s) que gostaria de receber:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2021 KALORIAS - Todos os direitos reservados.