Refeições de verão. São mesmo mais leves?

Durante os meses mais quentes é muito comum ouvir dizer: “De Verão é mais fácil fazer dieta porque só apetece comer saladas e refeições leves.”. Mas o que são refeições leves?


Para muitos de nós refeições leves, são sopas, saladas, sandes, quiches, sumos naturais, batidos, panquecas, bowls,… que se encontram facilmente num bar de praia, num café com refeições rápidas ou ditas “saudáveis” e que sabem muito bem numa esplanada ao sol.


Refeições leves que não pesam no estômago, mas que podem pesar e muito no consumo de calorias diárias e, que nos afastam vezes sem conta dos nossos objetivos de alimentação e nutrição.


Muitas destas refeições são muito ricas em gordura e açúcar, desprovidas de fibra e com baixo teor de proteína.



Vamos pensar juntos, uma sopa é leve se apenas for confecionada com bons ingredientes (hortícolas, sal marinho, especiarias a gosto, água e uma boa gordura, de preferência azeite. A sopa deliciosa que come como sendo de legumes, o que leva, sabe? Não mas é deliciosa e leve que é o que interessa.


E a salada é leve? Pode ser se quando lhe perguntam: “Que molho quer adicionar?”, você tiver a capacidade de responder: “Nenhum”, isto para não falarmos da escolha dos ingredientes entre os quais muitas vezes estão massas, frutos gordos, sementes, abacate, queijos... Que até são saudáveis, mas ricos em calorias, e muitas.


O mesmo podemos dizer das sandes, começando logo pelo pão que é tudo menos saudável, um bom pão deve ser feito com farinhas de qualidade, água, sal e fermento ou massa mãe que é melhor ainda, deve ter tempo de levedar e tempo para ser cozido para manter boas propriedades nutricionais e organoléticas. A maior parte dos pães utilizado para fazer as deliciosas sandes que comemos numa bela esplanada têm um sem fim de ingredientes, estão congelados e rapidamente ficam prontos para serem consumidos, pois é isso que nós queremos, comida rápida, deliciosa e leve. Isto para não falar do conteúdo destas sandes: Pasta de atum, frango e etc., queijo, bacon, ovos,…


Das quiches é melhor nem pensarmos, pois uma fatia pode atingir quase tantas calorias como um bom prato de cozido à Portuguesa, começando na base e acabando no recheio é a farinha, a manteiga ou margarina, o azeite ou óleo de coco, os ovos, as natas (muitas vezes vegetais ou leite de coco que por obra do destino e sem ninguém percebe é saudável logo não é calórico!!!), as salsichas (de aves) o bacon o queijo,… ah … e alguns hortícolas, espinafres, alho francês e cogumelos entre outros que lhe dão o nome “Quiche de alho francês”!?! Só que não.


Passando para as bebidas, sumos naturais e batidos estão do top dos alimentos escolhidos para as refeições leves. Os sumos de fruta podem conter o equivalente a 4 a 5 peças de fruta, uma combinação muito frequente até porque ajuda a bronzear é manga, laranja, cenoura, ananás, curcuma e gengibre, tudo certo, até porque o ananás corta as gorduras e o gengibre e a curcuma são anti-inflamatórios, mas e se com a tal saladinha comêssemos 1 manga + 1 laranja + 1 cenoura + 2 rodelas de ananás polvilhadas com especarias, não era na mesma uma refeição leve?


Já nem vou fazer referência aos batidos que muitas vezes levam o mesmo que os sumos e mais leite, kefir, bebida vegetal, … tudo leve e saudável. E o terminar de muitas dessas refeições com a tal panqueca ou bowls de açaí que é super saudável e então se levar aquele toppingg de manteiga de amendoim frutos gordos, lascas de coco, sementes tostadas e tudo e tudo e tudo mais um quadradinho de chocolate negro! Perfeito! Terminamos uma refeição leve, mas com calorias que chegam para vivermos e bem durante os próximos 3 dias.


Muitas vezes o não atingir os nossos objetivos está mesmo à frente dos nossos olhos, nós é que não queremos ver. Fazer boas escolhas alimentares só depende de nós, comer de forma “saudável” é importante, mas mais importante ainda é sabermos se esse saudável é adequado para nós. Fazer uma refeição “leve” no Verão sabe bem a todos, mas façam-no de forma consciente e com a certeza que para a maior para delas leve é só uma alcunha e calórica é o nome do meio!!!


Outro especto muito importante escolham locais que trabalhem com alimentos de verdade, com alimentos com qualidade, sim muitas vezes mais dispendiosos, mas o nosso bem-estar não tem preço e se tudo correr bem mais tarde o corpo retribui aquilo que lhe demos.



Por: Ema Mateus Roupa: Nutricionista do clube de saúde Kalorias Sines e Santiago do Cacém, membro efetivo da Ordem dos Nutricionistas nº0702N.

235 visualizações

Faça parte da nossa lista de emails.

Escolha a(s) newsletter(s) que gostaria de receber:

  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone LinkedIn

Os Nossos Parceiros:

prozis_logo_red
securitas
456Prancheta-1
89Prancheta-1
99Prancheta-1
94Prancheta-1
76Prancheta-1
65Prancheta-1
49Prancheta-1
51Prancheta-1
23Prancheta-1
43Prancheta-1
27Prancheta-1
25Prancheta-1
19Prancheta-1
16Prancheta-1
parceirosPrancheta-1
12Prancheta-1
7Prancheta-1
07Prancheta-1
6Prancheta-1
5Prancheta-1
2Prancheta-1
3Prancheta-1
4Prancheta-1
1Prancheta-1
prozis_logo_red
securitas
456Prancheta-1
89Prancheta-1
99Prancheta-1
94Prancheta-1
76Prancheta-1
65Prancheta-1
49Prancheta-1
51Prancheta-1
23Prancheta-1
43Prancheta-1
27Prancheta-1
25Prancheta-1
19Prancheta-1
16Prancheta-1
parceirosPrancheta-1
12Prancheta-1
7Prancheta-1
07Prancheta-1
6Prancheta-1
5Prancheta-1
2Prancheta-1
3Prancheta-1
4Prancheta-1
1Prancheta-1

© KALORIAS 2020 Todos os direitos reservados.